Pokémons na Vida Real - Caterpie - Queimando Neurônios - Impulsionando Sinapses
#Label3{background:green;}

QN NEWS 24h!$type=carousel$author=hide$comment=hide$count=6$show=home$cl=4

Ciências!$type=carousel$author=hide$comment=hide$count=6$show=home$cl=4

Tech!$type=carousel$author=hide$comment=hide$count=6$show=home$cl=4

Mundi!$type=carousel$author=hide$comment=hide$count=6$show=home$cl=4

Pokémons na Vida Real - Caterpie

Conheça a lagartinha que deu origem ao Pokemon inseto mais amado, o Caterpie!


A arte imita a natureza! Em jogos, filmes, histórias ou qualquer outra coisa é normal encontrarmos elementos baseados em coisas já existentes em nosso adorável mundo. O que é excelente, pois nos mostra o quão incrível nossa realidade é. Onde mais poderiam ser encontradas as fantasias descritas em milhares de histórias se não aqui? Porém...deixando de lado este discurso humanista, ecologista ou o que seja...Vamos ao nosso post! Feito especialmente para você que sempre sonhou em ter seu próprio Pokémon!

A Cartepie é conhecida por ser uma lagartinha adorável e um Pokémon um tanto quanto fraco, sendo mais utilizada em sua terceira evolução. O que em muito se assemelha a seu animal originário, a lagarta da borboleta Papilio glaucos, nativa de diversos biomas espalhados pelo leste da América do Norte e também encontrada em Ölüdeniz, na Turquia.

Características:

No anime os olhos gigantes da Cartepie são realmente olhos, mas na vida real são apenas manchas utilizadas no processo de mimetização da lagarta. A mimetização pode ser explicada como um disfarce animal, neste caso, a Papilio disfarça-se de cobra, para espantar animais predadores.

Além disso, apresentam o osmetério que é o órgão proeminente parecido com dois chifrezinhos ou ferrões, este se encontra no primeiro segmento do tórax e é exposto quando a lagarta se sente intimidada, e atua expelindo um terpeno mal cheiroso para afastar ameaças.

Ciclo de Vida:

Ovos:

Os ovos são postos sozinhos em folhas, próximos a fontes de néctar. São redondos e verdes a principio, tornando-se verde amarelados com alguns pontos vermelhos. O ovo é até grande para uma borboleta, tendo 0,8 mm de altura e 0,12 mm de largura. Demorando cerca de 4 a 10 dias para se chocar.
Ovinho de Papilo glaucos.

Lagarta:

Nossa querida lagarta, ou também chamada de cartepillar em inglês (pegou a referência?) se alimenta das folhas de sua planta hospedeira, dormindo no aconchego da parte mais sedosa desta, com direito até uma pequena coberta, formada pela dobra da folha sobre si.

A lagarta passa por cinco estágios, até enfim chegar a sua fase de pupação. Em seus três primeiro estágios a lagarta é castanha e possui uma macha branca em seu abdômen, denominada sela. Já em seu quarto estágio fica verde, possuindo os pequenos olhos em seu tórax proeminente e uma faixa transversal, das cores amarela e preta, situadas entre seu primeiro e segundo segmento abdominal; faixa esta que fica escondida enquanto a lagarta repousa. Seu abdômen possui manchas transversais de cor azul claro e tem sua cor mudada para marrom escuro antes que a lagarta transforme-se em pupa.

 Suas medidas enquanto lagartas são de 5,5 cm.
Lagarta em estágios iniciais ao lado de Caterpie Amarela.
Lagarta em estágios finais, com presença do osmetério ao lado de Caterpie.

Crisálida:

A crisálida de Papilo glaucos mede 3,2 cm. Esta pendura-se as superfícies, em sua maioria árvores, postes e até detritos humanos, utilizando um "cinto de seda", que fica ao redor de seu tórax, juntamente a uma "almofada de seda" na base.

No geral, assemelha-se a um pequeno tronco, tendo cores variadas do branco ao marrom, possuindo por vezes manchas verdes ou castanho escuro, distribuídas ao longo do corpo. Sendo comum encontrar uma faixa lateral escura, em cada lado do torso das crisálidas mais claras. Ademais, possui duas projeções de chifres na cabeça e uma no tórax.

Este estágio dura de 9 a onze dias, ou durante o período de inverno.
Crisálida de cor clara ao lado de Metapod.

Adultos:

Após tudo isso, temos a linda borboleta da Papilo glaucos
  • Esta se alimenta de néctar.
  • Possui envergadura de 7,9 a 14 cm.
  • As fêmeas são maiores que os machos.
  • Há presença de dimorfismo entre fêmeas e machos, já que algumas fêmeas podem ser de cor preta com azul e as amarelas possuem manchas azuis na extremidade posterior dorsal.
Femêa à esquerda e macho à direita, Butterfree ao centro.
Lados dorsais e ventrais: 1 - Dorsal Masculino, 2 - Dorsal Feminino, 3 - Dorsal Feminino (Morph Escura), 4 - Ventral Masculino, 5 - Ventral Feminino, 6 - Ventral Feminino (Morph Escura)
Algo interessante sobre esta fase é que as fêmeas escuras, utilizam o mimetismo batesiano: neste uma espécie inofensiva, disfarça-se de uma espécie mais agressiva, para se proteger de predadores semelhantes. Neste caso elas se disfarçam da borboleta Battus philenor, que possui uma defesa avançada contra pássaros, a utilização do acido aristolóquico encontrado em suas plantas hospedeiras. 
Battus philenor à esquerda e Papilo glaucos fêmea à direita.

Curiosidades:

Existem diversas outras espécies de lagartas que se mimetizam como cobras, aqui vai algumas delas:
Eumorpha labruscae à esquerda e Hemitoplanos triptolemus à direita.

Papilo troilus, lagarta e borboleta.

Atenção especial para a lagarta Papilo troilus, pois como podem perceber esta possui "olhos" realmente gigantes, algo que a deixa bem parecida com a Caterpie, porém como ela não apresenta o órgão osmetério, achei a Papilo glaucos mais elegível ao cargo de sósia animal da Caterpie, (sendo na verdade o contrário), mas minha eleição não descarta o fato de que provavelmente o criador da personagem utilizou mais de uma lagarta como base pro desenho. Fora isso, a Papilo troilus em sua fase adulta é muito semelhante à Papilo glaucos, assim ela meio que é parecida com a Battus automaticamente.

E então caros leitores, empolgados por descobrirem o animal que inspirou o personagem do anime Pokémon? Vão tentar achar uma por aí? É possível até ter uma de "estimação" caso encontre-a no seu quintal, (meio difícil pois ela é nativa dos EUA) mas por favor, não retire as crisálidas de onde as encontrou, apenas as observe. Sendo assim, deixe nos comentários suas opiniões a respeito e até! c:

Bibliografia:

ASSINE JÁ O QN!

Grátis
Interativo
Sem propagandas

Só colocar seu email!


    Ciência Simples
  1. Universo
  2. Física
  3. Teorias
  4. Eco
  5. Bio
  6. Geologia
  7. A Ciência por trás de
    Tecnologia
  1. Linux
  2. Softwares
  3. Review
  4. Hardware
  5. Web
  6. Games
    Sociedade
  1. Religião
  2. Filosofia
  3. História
  4. Ética
    Entretenimento
  1. Games
  2. Animes
    Especiais
  1. Recomendação
  2. Polêmicas
  3. Infográfico
  4. Comemoração
    Podcasts
  1. QNs Tradicionais
  2. QN NEWS
  3. Domingo com Limonada
  4. Queimando Circuitos
  5. QN ESPECIAL
  6. Queimando Velas
    Colunistas
  1. Dairenkon
Powered by:
Nome

+Bio +Eco +Saúde A Ciência por tŕas Animes Arquitetura Arte Café Analítico Caterpie Ciência Simples Coluna do Dairenkon Comemoração Crônicas Engenharia Ética Filosofia Fisica Games Geologia Hardware História Infográfico Linux Moral Mundi Natureza Paleontologia Pokémons Polêmicas Pop QN CASTS QN ESPECIAL QN NEWS QN NEWS 24h Queimando Circuitos Queimando Velas Química Recomendação Religião Sci News Softwares Tech Tech News Temporada 1 Temporada 2 Temporada 3 Teorias TOP 5 Tech Universo Valores Velharia Vulcões Web
false
ltr
item
Queimando Neurônios - Impulsionando Sinapses: Pokémons na Vida Real - Caterpie
Pokémons na Vida Real - Caterpie
Conheça a lagartinha que deu origem ao Pokemon inseto mais amado, o Caterpie!
https://4.bp.blogspot.com/-7CZri_6hPQ4/WqWTRnBAkWI/AAAAAAAAdKY/EC6cI0d2J0ImtZm1JPcRHcTIq-j0g7YggCLcBGAs/s640/caterpie%2Bthumb.png
https://4.bp.blogspot.com/-7CZri_6hPQ4/WqWTRnBAkWI/AAAAAAAAdKY/EC6cI0d2J0ImtZm1JPcRHcTIq-j0g7YggCLcBGAs/s72-c/caterpie%2Bthumb.png
Queimando Neurônios - Impulsionando Sinapses
http://www.queimandoneuronios.com.br/2018/03/pokemons-na-vida-real-caterpie.html
http://www.queimandoneuronios.com.br/
http://www.queimandoneuronios.com.br/
http://www.queimandoneuronios.com.br/2018/03/pokemons-na-vida-real-caterpie.html
true
1599119633527199605
UTF-8
Nenhum post achado VEJA TUDO Veja! Reply Cancel reply Delete Por Inicio PAGINAS POSTAGENS Veja tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ Marcadores Arquivos Pesquisar ALL POSTS Não achamos nada que tenha esse resultado, tente pesquisar por uma única palavra e usar acentuação.. Voltar para o inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sabado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Augosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora 1 minuto atras $$1$$ minutos atras 1 hora atras $$1$$ horas atras Ontem $$1$$ dias atras $$1$$ semanas atras mais de 1 mês atrás Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy