Antropoceno: Parte 1 - Analisando os fatos.

O homem surgiu na Terra há alguns milênios, tempo para fazer alterações extremamente perigosas...

Antropoceno: Parte 1 - Analisando os fatos.
Antropoceno: Parte 1 - Analisando os fatos.

Fatos:

English: B61 Thermonuclear Bomb
B61, uma pequenina bomba termonuclear.
O ser humano surgiu em nossa querida Terra há alguns milênios, tempo suficiente para que desenvolvesse técnicas maravilhosas, desde o fogo a enormes estruturas metálicas que voam, ou, pelo lado mais catastrófico, de bombas nucleares há gases mortais.
Bem, aprofundando um pouco mais nessa questão de bombas nucleares, podemos dizer que muitas delas foram lançadas ao longo de décadas, não pense você que as únicas foram aquelas lançadas em Hiroshima e Nagasaki, é claro que não. Durante a Guerra Fria tivemos o lançamento massivo de bombas atômicas sobre a superfície de nosso pequeno planeta azul.

This image was selected as a picture of the we...
Imagem de um cogumelo gerado por uma explosão nuclear.

Então, temos o homem como um ser que passa a mutar todo o planeta, elevando os níveis de radiação, elevando os níveis de gás carbônico, elevando os níveis de outros gases super prejudiciais a atmosfera ao que se refere a efeito estufa, como metano, e claro, poluindo extremamente rios, mares e todos os lugares possíveis com materiais que não existiam em tal quantidade em nosso planeta, como é o caso do plástico, vidro, metais, borracha e outros materiais que não se degradam naturalmente a curto prazo.


Analisando a teoria

Após analisar minunciosamente nossos passos sobre o planeta, é fácil perceber o motivo de alguns cientistas buscarem definir essa nova data que vivemos como um novo período. Como assim novo período? Me refiro ao período Antropoceno, termo do inicio de 2000, se não me engano, que passou de um tempo para cá a se tornar mais buscado e mais "agarrado" pelo comunidade cientifica/geográfica/ecológica.
Mas em que essa tal taxação se baseia? Bem, vamos aos pontos:
  • Biodiversidade
  • Biogeografia
  • Clima
  • Geomorfologia

BIODIVERSIDADE

Tratando-se de biodiversidade, não é muito difícil de encaixar o homem aqui. O Antropoceno é marcado por uma extinção massiva de especies e a perpetuação de algumas especies especificas, aquelas que atendem ao ser humano em seus estados básicos de existência: fome, sociabilidade e curiosidade.
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/26/Corn_field.jpg/640px-Corn_field.jpg?uselang=pt-br

Cultura de milho, uma das mais abundantes no mundo.
Bem, quando digo fome, me refiro as monoculturas, como: soja, milho, arroz, laranja e outros culturas que já conhecemos, as quais ao longo do tempo foram tomando constantemente o lugar da flora nativa de diversos países. Não precisa ir muito longe, o Brasil está entre esses países que perderam sua flora endêmica para as monoculturas, quando digo que perdeu, digo de forma irreversível para a Mata Atlântica, Pampas e parece que o Cerrado segue esse rumo.
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/8/8b/Golde_lion_tamarin_portrait_4.jpg/286px-Golde_lion_tamarin_portrait_4.jpg

Mico, símbolo da Mata Atlântica, floresta essa praticamente extinta.

Em relação a fome, temos ainda a agropecuária, com a perpetuação não natural de espécies bovinas, caprinas, equinas e ovinas(pode colocar dromedários aqui também, e elefantes, mas são em países específicos), essas espécies sofrem mudanças genéticas e cruzamentos viados pelo homem, os quais, ou não ocorreriam naturalmente, ou levariam milênios para ocorrer.
Em relação a sociabilidade, me refiro a gatos e cães, que foram evolutivamente vistos pelo homem como segurança/conforto, logo tiveram uma perpetuação maior em relação a qualquer outro animal.
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/21/Bubikon.JPG/320px-Bubikon.JPG

Mercado de bovinos, um dos maiores no ramo da pecuária.
E quando digo curiosidade, me refiro a animais usados em testes científicos, os quais obrigatoriamente devem ser mantidos para realização de estudos e testes clínicos, logo são reproduzidos de forma não natural, em cativeiro(ratos, cães e macacos por exemplo).
File:Knockout rat.jpg

Ratos de laboratório, de uso fundamental em diversas industrias atuais.


Outro ponto na questão da biodiversidade, é o desmatamento. Com o desmatamento, habitats são perdidos, assim, temos uma perda drástica na população de diversas espécies terrestres. Um ponto ainda pior, e que leva a morte de muito mais espécies, é o aquecimento e aumento da acidez dos oceanos, que extingue por completo grandes corais que por anos estiveram prosperando.
File:Dead Coral Bristol.jpg

Imagem de coral morto.

BIOGEOGRAFIA

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/8/87/Ijsbeer_varandey.JPG/320px-Ijsbeer_varandey.JPG

Parece que esse nosso amigo está perdido, não é mesmo?
Ao longo dos anos, o homem tem alterado o clima, isso é claro e leva a grandes consequências, observando o aumento da temperatura, observa-se também a migração de espécies para áreas antes não naturais para elas, como exemplo, ursos polares, estes tendem a migrar para áreas mais frias, onde espécies de peixe e mamíferos(que também migram para áreas mais frias, já que agora as suas prováveis áreas de existência estão realmente muito quentes) proliferam sem maiores problemas, até agora, daqui alguns anos não vão talvez, sequer existir.

CLIMA

Bem, talvez seja o ponto que todos nós já sabemos, mas parece que estamos dando as costas. A liberação de gás carbônico pelo o homem é absurda, em números, fica ainda mais claro o quão alto é esse valor, cerca de: 142% dos níveis de 1750, quando ainda não liberávamos gases de efeito estufa na natureza de forma "hardcore", em termos, pré-revolução industrial.
Obviamente, essa liberação causa problemas graves no clima, principalmente ao que se refere a aumento da temperatura global.
File:Global temperature anomaly.jpg

Para não dizer que não tem estudo por trás disso...

Vulcões liberam sim carbono na atmosfera, porém liberam junto a muito fuligem e gases muito densos, ou seja, eles bloqueiam "totalmente"(passa, mas bem pouco) a passagem de luz na atmosfera, logo a Terra esfria. Nós liberamos muitos gases, menos fuligem, e o gás que liberamos permite a entrada parcial de luz, ou seja, a luz entra, fica, e não sai, logo a Terra aquece.

File:Dds40-097 large.jpeg

O que esse monstro libera, não é nada comparada ao que nós liberamos.
Isso aquece o oceano, e a atmosfera, ocasionando o derretimento de geleiras e expondo este que chamamos de permafrost. Esse permafrost é nada mais nada menos que matéria orgânica congelada(esta ao menos deveria estar congelada), que ao ser descongelada, como em uma grande geladeira, começa a derreter e apodrecer, e esse apodrecimento liberando metano, pois microrganismos que atuam na decomposição liberam metano, que aumentou durante essas eras, e o acúmulo na atmosfera chega a 253%. Outro fator que aumenta a liberação desses gases, como já me referi mais acima, trata-se da criação pecuarista, pois sim, vacas liberam metano.
Mas o maior fator de liberação de carbono provém da queima de combustíveis fósseis para gerar energia: petróleo - 32% , carvão - 26%  e gás - 17%, somando 75% da geração de energia do planeta! 



E claro, para conseguir petróleo, existe uma movimentação gigantesca de dinheiro...

Outro liberador massivo de CO² é a queimada, esta infelizmente, é amplamente utilizada para "limpeza" de terreno na agricultura, perceba nesse ponto, que o ser humano usa de recursos que afetam o ecossistema em todos os aspectos, e não apenas em um ponto especifico.
Por ano, para termos noção o homem libera 10 Gt de CO² na atmosfera. Bem, parece pouco, "10" Gt significam 10 navios de CO², o que já é suficiente a médio, quase curto, prazo para aquecer o planeta de forma IRREVERSÍVEL(TEM QUE ESCREVER EM VERMELHO PARA ENTENDER? Não tem volta, caralh*!).
Outro ponto critico está nos oceanos, eles sofrem muito mais que a atmosfera, pois em tese, absorvem mais calor por serem escuros, e por se tratar de água, demoram mais tempo para liberar calor, logo aquecem rapidamente e a médio prazo devolverão todo esse calor a nossa atmosfera, que já se apresenta extremamente quente.

File:NOAA Ocean.svg
Se liga no aumento absurdo em graus! Parece pouco? Você não sabe o que 0,5 grau faz...
O aumento da temperatura dos oceanos aumenta também a liberação de vapor de água, vapor este afeta diretamente no efeito estufa, e junto ao metano e ao CO², cria-se uma camada extremamente perigosa ao que se diz a respeito aumento do efeito estufa.

GEOMORFOLOGIA

Nesse ponto é que "a coisa" fica mais visível, por exemplo, eu que sou mineiro, vivo em áreas de serras e posso observar atentamente esse ponto e trazer uma visão mais ampla sobre o assunto. Para quem não sabe, Minas Gerais é uma região extremamente rica em minérios, no geral, ouro, prata, diamante, ferro, manganês e outros mais, todos esses, presentes em nossas gloriosas serras. Para retirá-los é necessário, claro, retirar as serras, assim, observamos nossas majestosas "montanhas"(que não são montanhas) partidas ao meio, ou, em alguns casos raros, temos suas frontais preservadas, e suas costas extremamente devoradas pelas imensas máquinas da mineração.
Você deve ter se perguntado: "frontal de uma serra?" Quando digo isso me refiro a parte da serra voltada as estradas, assim, temos a frente bela e majestosa, e as costas estraçalhadas. Outra obra humana que muda totalmente o ambiente e mostra que nós humanos passamos pela Terra e deixamos nossas marcas são as estradas, presentes em todos os grandes países do globo, praticamente.
Iwaimuzeeewww.jpg
Se liga no tamanho desse bagulho, e você pensando que não existiam monstros devoradores de montanha!
Continua...

Links importantes!

Nome

Ciências Comemoração Filosofia Fisica Games História Infográfico Linux Meio Ambiente Podcast Polêmicas QN ESPECIAL QN NEWS QUEIMANDO CIRCUITOS Recomendação Religião Review Sociedade Softwares Tecnologia Teorias Universo Viagem Espacial Web
false
ltr
item
Queimando Neurônios: Antropoceno: Parte 1 - Analisando os fatos.
Antropoceno: Parte 1 - Analisando os fatos.
O homem surgiu na Terra há alguns milênios, tempo para fazer alterações extremamente perigosas...
https://2.bp.blogspot.com/-qw6M3JJ9Qs8/WGGiCwzT0ZI/AAAAAAAAExI/DeAiwXUYr5wtETog1AUu94JTuoSGGjoTACLcB/s640/antropoceno_1%25281%2529.png
https://2.bp.blogspot.com/-qw6M3JJ9Qs8/WGGiCwzT0ZI/AAAAAAAAExI/DeAiwXUYr5wtETog1AUu94JTuoSGGjoTACLcB/s72-c/antropoceno_1%25281%2529.png
Queimando Neurônios
http://www.queimandoneuronios.com.br/2016/09/antropoceno-1.html
http://www.queimandoneuronios.com.br/
http://www.queimandoneuronios.com.br/
http://www.queimandoneuronios.com.br/2016/09/antropoceno-1.html
true
1599119633527199605
UTF-8
Nenhum post achado VEJA TUDO Leia Mais... Reply Cancel reply Delete Por Inicio PAGINAS POSTAGENS Veja tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ Marcadores Arquivos Pesquisar ALL POSTS Not found any post match with your request Voltar para o inicio Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy